Pular para o conteúdo principal

Cristolândia em Nazaré Paulista comemora 5 anos

A Unidade é liderada desde o início pelo casal Romario Soares de Jesus Oliveira e Valdineia de Deus Oliveira Soares. Hoje, conta com os radicais Adriano Soares Oliveira e Robert Oliveira Cirilo. Adriano, inclusive, foi acolhido em Nazaré Paulista e, completando seu processo, sentiu o chamado do Senhor e está no projeto Radical Cristolândia, iniciando sua caminhada enquanto missionário.

A Unidade de Nazaré Paulista fica em um sítio muito bem equipado com piscina, quadra de esportes, açude e belíssima região arborizada. Segundo o Coordenador Pr. Elbio Marquez, o local acolhe atualmente 38 pessoas e tem capacidade para mais. No entanto, isso só é possível com mais obreiros para esse trabalho.

Para que mais homens sejam acolhidos e para que o atendimento seja feito com excelência é preciso que outras pessoas se disponibilizem para o trabalho na Unidade. Nesse sentido, o pastor ressalta que para que todos recebam a atenção devida e seja possível estabelecer o Relacionamento Discipulador, são necessários mais colaboradores.

Essa Unidade representa a Fase 1, que dura de 8 a 12 meses, e é o momento em que os acolhidos realizam seus primeiros passos na Cristolândia. Nesses cinco anos, passaram na Unidade 4.100 acolhidos. “Alguns vieram de contextos evangélicos, já haviam sido batizados e se reconciliaram com o Senhor. 76 acolhidos conheceram e reconheceram Jesus como Salvador e Senhor de suas vidas no projeto e foram batizados, dando testemunho público da sua fé”, conta o pastor Elbio.




O dia de comemoração pelo aniversário desse trabalho em Nazaré Paulista contou com um culto de gratidão a Deus, com louvor cantado pelos acolhidos, palavra ministrada pelo coordenador Pr. Elbio Marquez e uma dinâmica feita pela também coordenadora e esposa do pastor, a irmã Adilene Marquez. Também esteve presente a Psicóloga Talyta Sandrelly de Barros lima, que presta atendimento nas Cristolândias de São Paulo.

O momento terminou com um bolo de aniversário e todos os acolhidos tiveram a oportunidade de expressar sua gratidão a Deus, por tudo o que tem feito em suas vidas.

Agradecemos ao Senhor por todas as igrejas que sustentam esse trabalho, com orações, voluntariado e recursos financeiros, e pedimos para que Deus levante mais obreiros para esta obra missionária.

Parabéns, Cristolândia em Nazaré Paulista!


Fonte: Missões Nacionais

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid