Pular para o conteúdo principal

Vivendo Para Servir – Nyedson e Vanessa Moura

 

Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o sou. Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. João 13:13-15

Nos últimos momentos de Jesus com os discípulos Ele deu profundos ensinamentos sobre amor, humildade e relacionamentos. Esta passagem narra um acontecimento extremamente emocionante. Jesus sabia que era chegado o tempo de sua partida e era sua última refeição com os discípulos antes de sua morte. Eles tinham passado três anos juntos compartilhando de todos os momentos e estavam vivendo agora momentos de despedida. Jesus então se levanta, tira a sua capa, amarra uma toalha na cintura, pega uma bacia com água... fico imaginando o silêncio que se fez naquele lugar. Os discípulos olhando uns para os outros, sem saber o que estava para acontecer, até que Jesus se prostra e começa a lavar os pés daqueles homens. Com certeza foi algo que surpreendeu a todos. Jesus, Senhor e sustentador de todas as coisas, Rei dos Reis e Senhor dos Senhores estava agora ali, inclinado, realizando um trabalho do mais simples servo, deixando uma lição para toda a humanidade. Ele disse: “vocês me chamam Senhor e Mestre e com razão, pois eu o sou. sendo eu Senhor e Mestre lavei vossos pés, assim também lavai os pés uns dos outros.”. No Reino de Deus não somos valiosos por ocuparmos cargos importantes ou por sermos reconhecidos pelos homens. Muito menos devemos nos sentir dignos baseados naquilo que possuímos de recursos neste mundo. Mas como Jesus mesmo falou “Se alguém quiser ser o primeiro, será o último, e servo de todos" (Mc 9.35). Viemos a este mundo para servir a Deus e ao próximo. Muitos acham que encontrarão a felicidade nesta vida ao alcançar altas posições e poder sobre bens e pessoas. Muitas feridas estão abertas em muitas almas porque não se sentiram valorizadas ou reconhecidas e por não terem recebido a ajuda ou atenção que era esperada. Entretanto, experimente viver, não na expectativa do que podem fazer por você, mas do que você pode fazer por alguém. Nada traz mais satisfação do que descobrirmos que a vida faz muito mais sentido e é muito mais feliz quando vivemos para servir e não para sermos servidos.






O irmão Nyedsom Moura é obreiro na Congregação do Vale da Bênção Central em Lage Grande, 2 distrito de Catende. Sua esposa, a cantora gospel, Vanessa Moura é sua ajudadora.

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio