Pular para o conteúdo principal

Diocese de Caruaru comunica encerramento das atividades educacionais da Fafica

 


Através de nota, a Diocese de Caruaru comunicou que as atividades educacionais da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica) serão encerradas. “(…) as múltiplas dificuldades enfrentadas pelas Faculdades particulares no Brasil nos últimos anos e, ultimamente, a crise econômica, provocada pela Pandemia da COVID – 19, que afetou todos os setores da economia e, de modo especial, o setor educacional, obrigaram muitas Faculdades a encerrarem suas atividades.Por isso, após seis décadas de funcionamento, a Fafica encerra seus serviços educacionais. Essa difícil decisão foi tomada pelo Colégio dos Consultores da Diocese de Caruaru, após constatar que foram infrutíferas todas as iniciativas realizadas para garantir maior tempo de sobrevivência à Fafica”, diz trecho do documento.


Confira a íntegra da nota:

As Universidades e Faculdades Católicas sempre foram uma presença marcante da Igreja no mundo da educação porque a Igreja, desde o seu início, procurou promover o saber, as ciências, as artes e a cultura. Dessa forma, muitas Universidades do mundo nasceram por iniciativa da Igreja, com uma característica muito própria e especial: a busca por uma integração entre a ciência e a fé.

Imbuído desses altos ideais, o nosso segundo Bispo Diocesano, o Exmo. Sr. Dom Augusto Carvalho, promulgou um decreto episcopal, aos 09 de agosto de 1960, criando a Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Caruaru – Fafica.

Conduzida por diretores inteligentes e abnegados, a Fafica cumpriu, ao longo do tempo, a sua nobre missão. Foi a semente que, plantada em terreno fértil, desabrochou, cresceu, tornou-se árvore e deu abundantes frutos. Sob a sombra fecunda de árvore tão grandiosa, sucessivas gerações receberam uma sólida formação acadêmica que as preparou para o competente exercício do magistério e de outras profissões.

Gostaríamos, certamente, de que a Fafica, fundada pelo Exmo. Sr. Dom Augusto Carvalho, tivesse vida tão longa como é longa a vida de um carvalho que sobrevive às grandes tempestades, tornando-se, por isso, símbolo de força e resistência.

No entanto, as múltiplas dificuldades enfrentadas pelas Faculdades particulares no Brasil nos últimos anos e, ultimamente, a crise econômica, provocada pela Pandemia da COVID – 19, que afetou todos os setores da economia e, de modo especial, o setor educacional, obrigaram muitas Faculdades a encerrarem suas atividades.

Por isso, após seis décadas de funcionamento, a Fafica encerra seus serviços educacionais.

Essa difícil decisão foi tomada pelo Colégio dos Consultores da Diocese de Caruaru, após constatar que foram infrutíferas todas as iniciativas realizadas para garantir maior tempo de sobrevivência à Fafica.

Expressamos nossos agradecimentos ao Exmo. Sr. Bispo Diocesano, Dom José Ruy Gonçalves Lopes, por ter aprovado essa decisão que talvez não seja por todos compreendida, mas era estritamente necessária.

Cúria Diocesana de Caruaru, 03 de fevereiro de 2021.

Monsenhor Olivaldo Pereira
Vigário Geral


Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid