Pular para o conteúdo principal

Cantora Virgínia Arruda divulga novo clipe de Adorado

 


Ao cantar suas músicas, a cantora cristã Virgínia Arruda tem o dom de aquecer a alma das pessoas. E é exatamente este bom sentimento que desenvolvemos ao ouvir o novo lançamento dela. Chegou neste sábado, 30, às 00h, no formato single virtual a faixa "Adorado". A canção ganhou clipe também, disponível no mesmo dia em seu canal oficial.

Adorado é completamente diferente de outras músicas religiosas, mas traz a essência empregada em todas as canções da carreira de Virgínia Arruda. Ao darmos o play, começamos a sentir a melodia tocar nossa alma. O instrumental e a linha melódica é digna das grandes divas do R&B norte americano e isso, sem dúvida, é um plus para conquistar também o segmento secular.

Gravada originalmente em 2016 no disco homônimo, a música foi relançada com uma nova roupagem e a letra traz um simbolismo muito forte para Virgínia, que ela transpassa com maestria ao seu público. “Quando finalizei a gravação do 5 CD, Deus me falou que não tinha acabado. Então na porta de casa comecei a cantar Adorado, adorado é o Senhor. Passava por um momento muito difícil, então Ele me disse que enquanto eu adorasse o mau não iria vencer, como diz a letra, então logo voltei ao estúdio e finalizei o CD. Essa faixa ressurge com tudo em 2021 porque eu tenho certeza de que ela ajudará ainda mais gente neste momento pelo qual estamos passando”, comenta a cantora Virgínia Arruda.

Adorado integra o projeto que dá vida ao lançamento de um DVD gravado no dia 28 de novembro de 2020, em Goiânia. Produzido pelo aclamado Bigair dy Jaime, o lançamento foi fatiado em sete partes, compreendido por sete lançamentos de singles. Adorado é o quarto capítulo da série.

Virgínia Arruda é uma figura extremamente importante quando o assunto é canalizar e direcionar a palavra de Deus. Em seu Facebook, ela conta com quase 140 mil seguidores de sua fanpage. Já no YouTube quase 900 mil inscritos a assistem diariamente. Na plataforma ela foi a criadora do quadro A Palavra do Dia, em que, como não poderia deixar de ser, deixa uma mensagem positiva e importante a quem precisa. “Há cinco anos gero conteúdo diário para tocar às pessoas. Nunca falhou e isso é muito importante para as pessoas. A minha companhia levando a palavra de Deus é o que salva muitas pessoas de um dia ruim”. Ainda falando sobre YouTube, seu canal oficial ultrapassa a importante marca de 150 milhões de views. No Instagram o engajamento orgânico é gigantesco: mais de 300 mil seguidores acompanham as postagens de Virgínia que, em alguns casos, ultrapassam a barreira das 500 mil contas alcançadas.

 

Assista ao clipe: https://www.youtube.com/watch?v=Tvr0mjeuS2Y&feature=youtu.be


Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid