Pular para o conteúdo principal

Cantora Virgínia Arruda divulga novo clipe de Adorado

 


Ao cantar suas músicas, a cantora cristã Virgínia Arruda tem o dom de aquecer a alma das pessoas. E é exatamente este bom sentimento que desenvolvemos ao ouvir o novo lançamento dela. Chegou neste sábado, 30, às 00h, no formato single virtual a faixa "Adorado". A canção ganhou clipe também, disponível no mesmo dia em seu canal oficial.

Adorado é completamente diferente de outras músicas religiosas, mas traz a essência empregada em todas as canções da carreira de Virgínia Arruda. Ao darmos o play, começamos a sentir a melodia tocar nossa alma. O instrumental e a linha melódica é digna das grandes divas do R&B norte americano e isso, sem dúvida, é um plus para conquistar também o segmento secular.

Gravada originalmente em 2016 no disco homônimo, a música foi relançada com uma nova roupagem e a letra traz um simbolismo muito forte para Virgínia, que ela transpassa com maestria ao seu público. “Quando finalizei a gravação do 5 CD, Deus me falou que não tinha acabado. Então na porta de casa comecei a cantar Adorado, adorado é o Senhor. Passava por um momento muito difícil, então Ele me disse que enquanto eu adorasse o mau não iria vencer, como diz a letra, então logo voltei ao estúdio e finalizei o CD. Essa faixa ressurge com tudo em 2021 porque eu tenho certeza de que ela ajudará ainda mais gente neste momento pelo qual estamos passando”, comenta a cantora Virgínia Arruda.

Adorado integra o projeto que dá vida ao lançamento de um DVD gravado no dia 28 de novembro de 2020, em Goiânia. Produzido pelo aclamado Bigair dy Jaime, o lançamento foi fatiado em sete partes, compreendido por sete lançamentos de singles. Adorado é o quarto capítulo da série.

Virgínia Arruda é uma figura extremamente importante quando o assunto é canalizar e direcionar a palavra de Deus. Em seu Facebook, ela conta com quase 140 mil seguidores de sua fanpage. Já no YouTube quase 900 mil inscritos a assistem diariamente. Na plataforma ela foi a criadora do quadro A Palavra do Dia, em que, como não poderia deixar de ser, deixa uma mensagem positiva e importante a quem precisa. “Há cinco anos gero conteúdo diário para tocar às pessoas. Nunca falhou e isso é muito importante para as pessoas. A minha companhia levando a palavra de Deus é o que salva muitas pessoas de um dia ruim”. Ainda falando sobre YouTube, seu canal oficial ultrapassa a importante marca de 150 milhões de views. No Instagram o engajamento orgânico é gigantesco: mais de 300 mil seguidores acompanham as postagens de Virgínia que, em alguns casos, ultrapassam a barreira das 500 mil contas alcançadas.

 

Assista ao clipe: https://www.youtube.com/watch?v=Tvr0mjeuS2Y&feature=youtu.be


Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos. A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores. Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas