Pular para o conteúdo principal

Nutrição e Saúde | Celulite X Alimentação: Existe Relação? - por Jailson Cavalcante

                      Mulher apertando sua perna com celulite

A celulite, também conhecida como lipodistrofia ginóide, atinge 9 em cada 10 mulheres e é caracterizada pela presença de ondulações e furinhos na superfície da pele. As áreas mais atingidas são as coxas, quadris, glúteos e abdômen. É causada por uma conjunção de fatores, sendo os mais relevantes a predisposição genética, as questões hormonais, o excesso de peso, o sedentarismo e a alimentação inadequada. No que tange o fator da alimentação, seguem algumas dicas fáceis para evitar ou mesmo diminuir tal problema tão comum:

  • Beba água: o primeiro – e mais importante passo – é hidratar o organismo. Para isso, precisamos beber no mínimo 2 litros de água por dia. Assim, melhoramos a circulação e garantimos que o processo de eliminação das toxinas ocorra com eficiência.

  • Coma alimentos ricos em fibra: Pois, além de desintoxicar o organismo, o intestino é essencial na absorção dos nutrientes. Para mantê-lo saudável, além de muita água, inclua fibras na sua dieta.

  • Alimentos Detox: para auxiliar no processo de eliminação das toxinas, aposte em alimentos como o gengibre, o limão, a maçã e o chá verde.

  • Combate à inflamação: a inflamação sistêmica está diretamente relacionada à presença da celulite. Alimentos funcionais como o açafrão e o alho auxiliam nesse processo e, além de te ajudarem com os furinhos, contribuem na melhora da saúde como um todo.

  • Plano alimentar individualizado: Seja para combater a celulite, perder peso ou simplesmente melhorar a saúde, toda e qualquer dieta deve ser 100% personalizada. Dietas “de gaveta”, que não levam em conta o histórico, as características individuais e hábitos de vida dos pacientes, estão totalmente fadadas ao fracasso. Somente um bom nutricionista, após uma anamnese detalhada, exame físico – e em alguns casos, após exames laboratoriais complementares – poderá definir qual o melhor caminho a seguir em sua alimentação.

  • Corra das dietas da moda, dos planos alimentares muito restritivos e engessados e, sobretudo, não acredite em tudo que você lê online. O conteúdo informativo nunca deve substituir a consulta a um profissional especializado.

  • Interdisciplinaridade de atitudes saudáveis: Se você seguir um plano alimentar individualizado e tomar nota de todas as dicas anteriores, já sentirá uma melhora em todos os aspectos de sua saúde, inclusive na questão das celulites, pois a alimentação adequada é capaz de melhorar muito o aspecto dos furinhos, mas esse resultado pode ser potencializado por ações simples, como:

Fazer atividade física: praticar um esporte ou ir à academia pelo menos 3 vezes por semana elimina gordurinhas e estimula a circulação, ajudando muito no combate à celulite.

Cortar hábitos como o cigarro e o álcool: o consumo frequente de tabaco e bebidas alcoólicas prejudica a saúde como um todo, e o aspecto da pele não é exceção.

Fazer drenagem linfática manual: para quem retém muito líquido, a drenagem linfática pode ser um santo remédio para a celulite.

Todas essas atitudes acima envolvem diversos profissionais da saúde qualificados que poderão o ajudar a não apenas melhorar os aspectos da sua pele e eliminar a celulite, mas também o ajudarão a ter melhor qualidade de vida, e nos dias que vivemos, percebe-se que isso é o que de fato importa. Valorize todos os profissionais da saúde.



Jailson Calvancante é nutricionista

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid