Pular para o conteúdo principal

Por Dentro do Polo - O novo normal não existe, é você que tem que criá-lo, por Jorge Xavier



Em tempos de incerteza sobre a saúde e sobre o que vai ser o tão discutido novo normal, nós conversamos bastante com empreendedores sobre qual o futuro dos negócios. Por aqui, preferimos muito mais a construção do novo do que a espera pelo retorno ao normal, e queremos compartilhar algumas das dicas e idéias que trocamos, para chegarmos ao “novo normal” preparados para ir além, e não para tentar normalizar as coisas.

Não espere que as coisas se acomodem
Esperar que as coisas se normalizem para tomar uma ação é depender da sorte para manter seu negócio vivo. Se você não considera seu empreendimento um jogo de azar, não deveria depender da sorte para mantê-lo em pé.

Por isso, você já deve estar pensando em ações agora: se a presença física reduziu, como levar seus produtos até seus clientes para manter um fluxo? Que novos produtos podem fazer a diferença? Que tipos de promoções podem ser campeãs em suas vendas?

O “novo normal” ainda não existe. É você quem precisa construí-lo.

Algo interessante sobre este termo de “novo normal” é a ideia de que ele é algo que está prestes a acontecer, e já tem características às quais precisaremos nos adaptar. A verdade, é que não é bem isso. O novo normal é uma adaptação da realidade ao que nós faremos dela.

E você já deveria estar agindo agora para formular essa realidade. Comece desde cedo a desenvolver seu planejamento, e esteja pronto para transformar o mundo ao seu redor já a partir de hoje.

Não esqueça: as pessoas estão ávidas por viver experiências.

E lembre-se sempre, Se existe o problema, também existe a solução e ela está dentro de você.

Precisamos encarar os problemas como oportunidades e parar de ficar se lamentando, pois reclamar não resolve.

O Espírito Santo está dentro de nós e é o nosso professor, ajudador e consolador. Pense no grande privilégio em ter o próprio Deus habitando dentro de você, submeta os seus planos e projetos, àquele que é mestre em administrar e que criou todas as coisas.

As respostas já estão dentro de você, a riqueza já está dentro de você, a fé está dentro de você.

Salmos 46: 4. Há um rio, cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. 5. Deus está no meio dela; jamais será abalada. Deus a ajudará desde o romper da manhã.


Jorge Xavier é estudante de Gestão Comercial

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio