Pular para o conteúdo principal

Ultimato anuncia a segunda live da Série Diálogos de Esperança: perspectivas e desafios das novas gerações para a igreja da (pós)pandemia

No dia 16 de junho, terça feira da semana passada, aconteceu a primeira live Diálogos de Esperança – A Igreja evangélica em tempos de (pós) pandemia, promovida por Editora Ultimato, Aliança Evangélica, Tearfund e Visão Mundial. O tema foi "Onde está Deus nessa pandemia e como isso orienta os caminhos para a Igreja?", com a participação de Ziel Machado, pastor da Igreja Metodista, Saúde (SP); Rosalee Velloso Ewell, doutora em teologia pelo Duke University (EUA); Sueli Silva, mestre em religião e políticas globais pela Universidade de Londres - School of Oriental and African Studies.
 
A próxima live acontece no dia 23 de junho, terça-feira, às 16 horas, com o tema "Quais as perspectivas e desafios que as novas gerações trazem para a igreja da (pós) pandemia?".
 
Valdir Steuernagel adianta o assunto: “É inevitável que em meio a esta longa perplexidade e até confusão perguntássemos, ora em voz alta e ora em voz baixa, pelo amanhã. Como será este amanhã? O que vai mudar? Muita coisa? Tudo? As mudanças serão boas? Ou estaremos mergulhados em outra experiência traumática? Como será? Essas são perguntas importantes sobre as quais queremos conversar e para isso teremos duas jovens lideranças conosco. E juntos com elas, discernimos melhor o nosso tempo e ouvimos melhor a Deus. E a Deus queremos ouvir". 
 
Os convidados:  
  • María Alejandra Andrade Vinueza, Gerente de Alianças Estratégicas e Teológicas da Tearfund para América Latina y el Caribe. Tem formação nas áreas de Sociologia, Cooperação e Desenvolvimento Internacional, Direitos Humanos e Teologia. Está cursando mestrado em Estudos Internacionais da Criança no King"s College London, com foco em pesquisas sobre sistemas de proteção à criança, fé, espiritualidade e resiliência e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável dos Direitos da Criança.  
  • Davi Lago, Pastor da Igreja Batista, mestre em Teoria do Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Pesquisa sobre Teoria da Democracia na interface com Ciência da Religião e Filosofia do Direito. Autor de "Brasil polifônico: os evangélicos e as estruturas do poder" (Editora Mundo Cristão). Professor e Co-coordenador do grupo "Hiper-religiosidade: A prisão da fé na era das liberdades" no Laboratório de Política, Comportamento e Mídia da Fundasp/PUC-SP. 
  • Artista convidada - Poliana Devidé, mãe do Miguel e Rafael, esposa do João Haroldo, cantora, compositora, musicista, pedagoga em formação, com especialização em Arte Cultura e Educação. 2 discos autorais gravados (2012 e 2016) e participações em trabalhos artísticos de outros artistas.
 
A Editora Ultimato se alegra em participar da iniciativa de promover momentos de reflexão sobre o tempo em que estamos vivendo e os desafios que este tempo nos traz como igreja. Os encontros acontecerão às terças-feiras, sempre às 16 horas, e serão transmitidos pelo canal da Editora Ultimato no YouTube.
 
Para o dia 30 de junho está agendada: "Sustentabilidade Ambiental e Econômica e como isso nos informa um "novo" normal", com Ruth Valerio, ambientalista e teóloga, ativista social e autora. É diretora de Global Advocacy and Influence na Tearfund, e outros convidados.   

Fonte: Ultimato

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos. A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores. Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas