Pular para o conteúdo principal

Poema Aguente mais um pouquinho, por Normando Cordeiro




Na caminhada cristã
Você nunca está sozinho
Por que Deus não abandona
Seu filho pelo caminho
Mesmo a luta sendo grande
Ele diz que você ande
Que Ele vai junto contigo
Te ajudando a ser forte
Te dando graça e suporte
Te livrando do perigo

Como teu pai e amigo
Ele sempre se apresenta
Na guerra Ele te protege
Na luta Ele te sustenta
Na batalha Ele te guia
Seja de noite ou de dia
Ele é quem abre o caminho
Por isso não desespere
Descanse em Deus e espere
Aguente mais um pouquinho

Aguente a dor do espinho
Para depois colher flores
Sem esquecer que Jesus
Alivia as suas dores
Se firme nas provações
Não perca as convicções
Nem deixe de lado a fé
Jesus mudou tua história
Por isso na trajetória
Esteja sempre de pé

Se lembre,você não é
O pecador de outrora
Não é mais um perdedor
Que sofre,lamenta e chora
Você hoje é diferente
Por que ganhou de presente
O prêmio da salvação
Foi transportado pra luz
E agora que tem Jesus
Tem temor no coração

Não há mais escuridão
Não há mais nenhum motivo
Para tirar de você
A vontade e o incentivo
Não há mais dificuldade
Pra que você na verdade
Desista da caminhada
Por isso carregue a Cruz
Sabendo que com Jesus
Não vai lhe faltar mais nada

Mesmo a Cruz sendo pesada
Não deixe de carregar
Não largue a mão Do arado
Nem pare de caminhar
Siga sem nunca esquecer
Do que vai acontecer
No final da sua história
Se conforte na verdade
De que na eternidade
Você vai viver na Glória

Entenda que a trajetória
Pela qual tu vai seguindo
Tem muita dificuldade
Mas Jesus quem vai agindo
Tudo que se levantar
Contra você e achar
Que pode lhe destruir
Ficará muito enganado
Por que Jesus do seu lado
Em teu favor vai agir

Nunca pense em desistir
Por causa de algum perigo
Caminhe com a certeza
De que Jesus é contigo
Ele nunca te esquece
Por isso te fortalece
Toda vez que precisar
Com Ele você tem tudo
Jesus é o teu escudo
Na hora de guerrear

Quem nessa terra tentar
Mexer com quem é ungido
Vai ter resposta de Deus
Vai ficar surpreendido
Vai saber que não devia
Por ver que Deus agiria
Em favor do povo seu
Vai ver com sua visão
Que o favor da proteção
Jesus Cristo já nos deu

Quem nessa noite entendeu
Que deve seguir caminho
Receba agora o conforto
E aguente mais um pouquinho
O dia já tá chegando
Jesus Cristo está voltando
Para vir buscar os seus
Nunca tire da memória
Que no fim vai ter Vitória
Pra quem é povo de Deus.

Normando Cordeiro é poeta declamador

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio