Pular para o conteúdo principal

Como comemorar o Natal com as crianças

Por Márcia Barbutti
 
Dezembro, férias da criançada, mudanças na rotina, viagem (talvez), preparativos (muitos), correria (quase certa), e o natal está se aproximando. Em meio a todo esse turbilhão é necessário manter o foco naquilo que é importante e verdadeiro nesse tempo de festa: o nascimento miraculoso de Jesus.

Esse foco precisa ser visto e compartilhado, não basta estar somente em nossas mentes adultas e em alguns enfeites pela casa. Esse foco deve trazer admiração e expectativa em nossos filhos, ainda que eles já conheçam os fatos da história do nascimento de Jesus.
 
Como pais nós podemos e devemos concentrar nossa atenção em torno do que é verdadeiro e central: Jesus. E o que podemos fazer?  
 
  1. Calendário do advento: preparamos um calendário exclusivo para você usar com seus filhos por oito dias até o Natal, ou seja, do dia 18 ao dia 25. O tema do nosso calendário é O que eles disseram
    Nos quatro primeiros dias vamos abordar os títulos que Jesus recebeu por meio do profeta Isaías (Is 9.2-6), a saber: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz. Os textos foram adaptados do material para Culto Infantil da Editora Cultura Cristã
    Nos dias seguintes vamos abordar os fatos que antecederam ao nascimento de Jesus conforme a narrativa de Mateus e Lucas, enfocando o que foi dito à Maria, a José e aos pastores, terminando com o louvor dos pastores.  Você só terá que imprimir os cartões, seguir as instruções e preparar um cantinho especial para esse calendário. Tudo o que você precisa está aqui. Lembre-se de selecionar alguns cânticos ou clips para que tenham um momento de louvor em família. 
     
  2. A expectativa do presente: é claro que seu filho aguarda ansiosamente o presente que receberá no dia 25. Isso é bacana, mas que tal mostrar que Jesus é o maior presente de Deus para cada um de nós, e nada pode ser comparado a esse presente? Tente fazer uma comparação com seus filhos e mostre que Jesus é incomparável. 
     
  3. Entrega de presentes: não estou falando dos presentes que seus filhos irão ganhar, mas pense nos presentes que eles podem dar. Fazer uma limpa no armário selecionando roupas e calçados em bom estado, é muito bom, mas também planeje comprar algo para quem necessita, e/ou separe um tempo para visitar alguém que precisa da sua visita. Muitas vezes, o maior presente é estar presente. Mostre a alegria de dar (Atos 20.35). 
     
  4. Os enfeites: árvore, bolas, pisca-pisca e tudo mais, criam um ar festivo e traz muita alegria, contudo, priorize e dê destaque aos enfeites que remetam ao nascimento do Filho de Deus. As crianças podem fazer com massinha, papelão. Veja ideias aqui e aqui
    Se você quer saber sobre como contar aos seus filhos sobre o papai noel, leia esse excelente artigo de Miriam McConnell. 
     
  5. Cena viva: que tal na noite do natal, fazer uma encenação que envolva as crianças? Use a criatividade!
     
Que essas ideias ajudem você e sua família a comemorar de uma forma atraente e dinâmica o maior acontecimento de todos os tempos e que seus filhos possam vislumbrar as maravilhas do plano de Deus para nossa salvação.
 
Bônus
Veja aqui uma aula completa para escola dominical intitulada Promessa cumprida. Você encontrará o roteiro, PowerPoint, atividade de fixação e recursos. Esse material faz parte da revista Dia D+ da Editora Cultura Cristã.
 
E-books gratuitos sobre o Natal

Fonte: Ultimato

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid