Pular para o conteúdo principal

Artigo - Porta, por Odailson Fonseca

NETFLIX. Minha caixa de mensagens colapsou. “Pr, viu aquilo?”, “vai falar desta blasfêmia?”, “o Sr. não vai alertar os jovens?”, “absurdo!”, “esperando sua crítica sobre eles!” Etc. Etc. Milhares!⁣

(Nem vou detalhar aqui! Se você não entendeu, pule o textão de hoje. Pois o inimigo se diverte se chamamos mais a atenção pro que não presta.)⁣



A verdade é que o desespero de alguns beira a loucura de Uzá (2Sm.6). Lembra? O “salvador desprezível” da Bíblia? Ele achava os bois trôpegos da arca mais ameaçadores que o Altíssimo desbaratando batalhões! Ou Pedro virando mentor do Verbo? De tão angustiado, passou dos limites dizendo “Senhor, não vai lá, não!” (Mt.16). E tem gente apavorada por filmes ofensivos a ponto de temer arranharem o caráter da Onipotência?⁣

Claro que é errado. Vergonhoso. Escória criativa de um humor extremamente patético. MAS, por que achar isso novidade? ⁣

“Sabe, porém, que nos últimos dias virão tempos difíceis; pois os homens serão amantes de si mesmos, avarentos, pretenciosos, soberbos, maldizentes, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, insolentes, presunçosos, amando mais os prazeres do que a Deus, tendo a aparência de piedade, porém negando o poder dela. Foge também destes homens” (2Tm.3:1-5). ⁣

Não duvide, nem esqueça: o cristianismo sempre será zombado enquanto zombadores existirem, será debochado por escarnecedores, e representado pela vergonha do Calvário até que, finalmente, seja entronizado no Reino - pela Porta da Frente!⁣

Não assista. Não promova. Nem dê palco, ué! Pronto. Prefira ser Neemias tendo “mais o que fazer”. Deus precisa das nossas energias pra anunciar Sua vitória mais que nos distrair com derrotados. ⁣

“A Satanás agrada ver a distração das mentes que deveriam estar empenhadas no estudo das realidades eternas” (E.White, TS3, p.279).⁣

Então, chega! Que a 1ª tentação não vire sua maior tentação. ⁣

Segue o jogo. Já sabemos o resultado com Deus. Ganhamos.⁣

#1minutoprasempre

Por Odailson Fonseca

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid