Pular para o conteúdo principal

Vem aí: Momento Global sobre Lixo e Resíduo Plástico, no Brasil

O Brasil cria resíduos plásticos suficientes para cobrir a superfície de um campo de futebol a cada minuto – são mais de 300 milhões de metros cúbicos de resíduos plásticos, despejados ou queimados em cursos d’água, estradas ou em terrenos a céu aberto a cada ano (de acordo com cálculos baseados nos dados do Banco Mundial). O manejo inadequado desses resíduos causa inundações, fumaça tóxica, doenças, emissões de gases de efeito estufa e danos aos animais de criação, bem como prejuízos à terra, à água doce e aos ecossistemas marinhos.
A fim de chamar a atenção para o problema, a campanha Renovar Nosso Mundo – Brasil promove o Momento Global sobre Lixo e Resíduo Plástico. A mobilização acontece na semana do Meio Ambiente, de 03 a 09 de junho e visa destacar a questão do lixo e resíduos de forma global, sua relação com outras questões, como a qualidade de vida das pessoas, bem como as medidas que os cristãos podem adotar para abordar o tema por meio de mudanças de hábitos individuais e ações coletivas.

O lobby da sustentabilidade

Uma das ações do Momento Global é fazer lobby junto à Coca-Cola, PepsiCo, Nestlé e Unilever, para que assumam a responsabilidade pelos resíduos plásticos gerados por seus produtos. De acordo com um estudo que examinou o lixo em 42 países, a Coca-Cola, Pepsi e Nestlé são as marcas que mais contribuem para a poluição dos oceanos com plástico [1].
Uma carta assinada por dezoito organizações foi enviada (via e-mail e Correios) para os CEOs e para os responsáveis pela área de sustentabilidade das quatro empresas. Entre outras coisas, a carta pede que até 2020 essas empresas relatem o número de unidades de produtos plásticos de uso único que usam e vendem no Brasil; que reduzam essa quantidade pela metade até 2025 e passem a usar materiais ecologicamente sustentáveis; reciclem os plásticos de uso único que são vendidos por elas, de maneira a garantir que até 2022 para cada item vendido um outro seja coletado; e reprogramem a maneira como seus produtos são distribuídos, de forma que não prejudiquem as pessoas, a terra ou os oceanos.
A carta foi acompanhada do relatório “Não há tempo a perder”, com dados globais sobre lixo e resíduos. Segundo o relatório, entre 400 mil e 1 milhão de pessoas morrem a cada ano nos países em desenvolvimento devido a doenças relacionadas com os resíduos mal geridos – uma pessoa a cada 30 segundos.
O estudo foi produzido pela Tearfund, pela Fauna & Flora International (FFI), pela WasteAid e pelo Institute of Development Studies (IDS) [2].

Como participar do Momento Global

Igrejas, organizações e pessoas são convidadas a participar do Momento Global. Uma das formas de se envolver é assinando a Petição Online para que a Coca-Cola, a PepsiCo, a Nestlé e a Unilever assumam a responsabilidade pelos resíduos plásticos de seus produtos. Quanto mais assinaturas, maior será a pressão que a petição pode fazer (Clique aqui para assinar­). Você também pode escrever para seus representantes eleitos manifestando sua preocupação com o problema do lixo e dos resíduos plásticos em seu bairro ou cidade e pedir que tomem medidas.
Igrejas podem incluir em suas reuniões momentos de oração, realizar uma liturgia sobre o cuidado da criação (veja um modelo aqui) e incentivar pessoas a assumirem um estilo de vida mais sustentável. Pequenos grupos da igreja, da escola ou da comunidade podem promover caminhadas e limpeza em locais como praças, praias, parques, etc.
A mobilização também tem um convite para os artistas. Que tal aproveitar para criar obras de artes a partir de resíduos plásticos e exibi-las em um local de destaque? É uma forma de chamar atenção para os problemas causados pelo manejo inadequado dos resíduos plásticos. Outra forma de se envolver é participar do Desafio da Semana Sem LixoAssista ao vídeo para conhecer.
Siga a campanha Renovar Nosso Mundo no Facebook e no Instagram (@renovarnossomundo) para acompanhar todas as ações do Momento Global.

Fonte: Reneuworld

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos.

A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores.
Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.



Como ajudar? As doaç…

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas.

Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas geraçõ…

Estímulo à leitura através da produção literária

Dentre os ofícios do professor, encontra-se o de conduzir os alunos ao universo das artes; ao professor de língua portuguesa, cujo objeto de estudo é a palavra, abordar a arte literária é fundante, nesse intuito, os professores da Escola de Referência em Ensino Médio Professor Lisboa, localizada no bairro da Cohab I, em Caruaru — Pernambucano promovem bimestralmente saraus literários com o foco no despertar da leitura e produção escrita de seus alunos. 



Anualmente, a escola realiza o Concurso de Redação Professora Fernanda Freitas (esse nome é homenagem póstuma a uma ex professora); o concurso elenca diversos gêneros textuais dentre literários e argumentativos; este ano, em sua quarta edição e com o tema “Pelos caminhos da leitura: descobertas do eu e do mundo” os alunos debruçar-se-ão nos gêneros: conto, crônica, dissertação-argumentativa, carta e/ou poesia.
Ademais do concurso, na manhã de premiação dos primeiros colocados em cada categoria, ocorre concomitantemente a publicação da An…