Pular para o conteúdo principal

Catende sediará Jogos Escolares de Pernambuco Fase Regional GRE Mata Sul 2019


 A 44ª edição dos Jogos Escolares da Fase Regional 2019 será realizada no município de Catende, na Mata Sul de Pernambuco. Os Jogos Escolares terão início no dia 10 de junho com a abertura às 14h, no Ginásio de Esportes “O Fernandão”. Na ocasião, haverá representantes dos 21 municípios jurisdicionados à Gerência Regional de Educação da Mata Sul (GRE-Mata Sul), atendendo às escolas da rede pública e privada. Durante o evento, mais de 3000 atletas estarão competindo do dia 11 a 28 de junho nas diversas modalidades: Futsal, Handebol, Futebol, Atletismo, Badminton, Natação, Xadrez, Judô, Luta Olímpica, Vôlei de Praia, Tênis de Mesa, Voleibol, Basquete e Ciclismo.

A definição aconteceu após uma articulação do prefeito de Catende, Josibias Cavalcanti, com o atual Gerente da Gerência Regional de Educação da Mata Sul, Danilo Santos. Na oportunidade estiveram presentes a professora Maria do Carmo Mendes, que também é secretária de Educação de Catende, e o diretor de Esportes do Município, Moacir Marcolino, juntamente com o Coordenador Geral dos Jogos Escolares Professor Antonio Netto.

O prefeito de Catende, Josibias Cavalcante em reunião com o diretor da GRE da Mata Sul na prefeitura de Catende.
Foto: Divulgação

O município de Catende foi escolhido para sediar os jogos por estar em crescimento esportivo escolar nos últimos anos, com a maior delegação esportiva entre os municípios da GRE Mata Sul, onde receberá na abertura o troféu destaque. Este município é favorecido pela infraestrutura esportiva permitindo aos professores de Educação Física uma maior qualidade nos treinamentos, fazendo com que a resposta dos estudantes/atletas evolua para as conquistas nos Jogos Escolares.

O evento é um momento grandioso para toda região da Mata Sul/Litoral pois potencializa a convivência e a socialização dos estudantes/atletas dos municípios envolvidos com o fair play respeitando as regras das competições, oportunizando-os em busca da realização de um sonho através de vivência dos valores e práticas essências à vida.

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos. A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores. Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.