Pular para o conteúdo principal

Catende sediará Jogos Escolares de Pernambuco Fase Regional GRE Mata Sul 2019


 A 44ª edição dos Jogos Escolares da Fase Regional 2019 será realizada no município de Catende, na Mata Sul de Pernambuco. Os Jogos Escolares terão início no dia 10 de junho com a abertura às 14h, no Ginásio de Esportes “O Fernandão”. Na ocasião, haverá representantes dos 21 municípios jurisdicionados à Gerência Regional de Educação da Mata Sul (GRE-Mata Sul), atendendo às escolas da rede pública e privada. Durante o evento, mais de 3000 atletas estarão competindo do dia 11 a 28 de junho nas diversas modalidades: Futsal, Handebol, Futebol, Atletismo, Badminton, Natação, Xadrez, Judô, Luta Olímpica, Vôlei de Praia, Tênis de Mesa, Voleibol, Basquete e Ciclismo.

A definição aconteceu após uma articulação do prefeito de Catende, Josibias Cavalcanti, com o atual Gerente da Gerência Regional de Educação da Mata Sul, Danilo Santos. Na oportunidade estiveram presentes a professora Maria do Carmo Mendes, que também é secretária de Educação de Catende, e o diretor de Esportes do Município, Moacir Marcolino, juntamente com o Coordenador Geral dos Jogos Escolares Professor Antonio Netto.

O prefeito de Catende, Josibias Cavalcante em reunião com o diretor da GRE da Mata Sul na prefeitura de Catende.
Foto: Divulgação

O município de Catende foi escolhido para sediar os jogos por estar em crescimento esportivo escolar nos últimos anos, com a maior delegação esportiva entre os municípios da GRE Mata Sul, onde receberá na abertura o troféu destaque. Este município é favorecido pela infraestrutura esportiva permitindo aos professores de Educação Física uma maior qualidade nos treinamentos, fazendo com que a resposta dos estudantes/atletas evolua para as conquistas nos Jogos Escolares.

O evento é um momento grandioso para toda região da Mata Sul/Litoral pois potencializa a convivência e a socialização dos estudantes/atletas dos municípios envolvidos com o fair play respeitando as regras das competições, oportunizando-os em busca da realização de um sonho através de vivência dos valores e práticas essências à vida.

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio