Pular para o conteúdo principal

Livro ‘Jesus e os Direitos Humanos’ será lançado em Recife


No próximo dia 11 de abril, segunda-feira, Recife recebe o lançamento do livro ‘Jesus e os Direitos Humanos’, com distribuição gratuita de exemplares. A atividade começa às 19h30 e acontece no Seminário Batista, localizado na Rua Padre Inglês, 243, no bairro da Boa Vista, centro da capital pernambucana.

O evento inclui uma roda de conversa com Zé Marco, pastor e membro do Instituto Solidare; Vera Baroni, integrante da Rede de Mulheres do Terreiro; Anicely Santos, integrante do Movimento Negro Evangélico; e Gessica Dias, da Frente de Evangélicxs. A mediação será de Ingrid Farias, articuladora do Usina de Valores em Recife.

O objetivo é debater e compartilhar experiências abordadas no livro e que apontem as relações da fé, de Jesus e os Direitos Humanos no contexto atual.



A publicação, coordenada pelo teólogo João Luiz Moura e o pastor e teólogo Ronilso Pacheco, reúne nove artigos que relacionam passagens bíblicas e as mensagens de Jesus com a busca contemporânea por justiça, igualdade e defesa dos direitos civis e sociais.

Entre as escritoras e os escritores que assinam os textos estão Caio Marçal, teólogo e pedagogo; Andreia Fernandes, pastora e teóloga; Pastora Kátia Ezoite e Pastor Jairo dos Santos; André Guimarães, educador popular e ativista da Teologia Negra no Brasil; Géssica Dias, assistente social e membra da Igreja Batista de Coqueiral, em Recife; Henrique Vieira, teólogo, ator e pastor; Kleber Lucas, cantor e pastor; José Marcos da Silva, teólogo e psicólogo; João Luiz Moura, pedagogo, teólogo e metrando em Ciências da Religião.

A publicação integra as ações do projeto Usina de Valores, iniciativa do Instituto Vladimir Herzog, que tem o objetivo de promover a cultura de direitos humanos e combater o crescente discurso de ódio. A intenção é sensibilizar e engajar pessoas na construção de uma sociedade democrática, justa e não violenta.

Desde março de 2018 o projeto tem desenvolvido cursos, oficinas e eventos de formação sobre a importância de disseminar cinco valores fundamentais: Dignidade Humana, Coexistir na Diferença, Escuta Ativa, Bem Viver e Engajamento Político.

Além disso, com foco no campo evangélico, em agosto de 2018 foi ao ar a websérie Usina de Valores Entrevista. A primeira temporada foi intitulada “O Reino de Deus é semelhante a uma Usina de Valores”. Em seis episódios, pessoas ligadas ao universo evangélico relacionaram a Bíblia com os cinco valores do projeto.

Serviço

Lançamento do Livro Jesus e os Direitos Humanos em Recife
Data: quinta-feira, 11 de abril de 2019
Horário: 19h30
Local: Seminário Batista
Endereço: Rua Padre Inglês, 243, Boa Vista – Recife-PE
*Entrada gratuita


Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio