Pular para o conteúdo principal

A Princesa e o Plebeu – por Sabryna Thais

“What the world needs is a return to sweetness and decency.” Essa frase é dita algumas vezes pela Princesa Ann (Audrey Hepburn) no clássico “Roman Holiday”(A Princesa e o Pebleu).



Todo o filme é um exemplo de decência e doçura no mundo. O romance entre Joe Bradley (Gregory Peck) e Ann, surge de uma forma inesperada e divertida. Joe, logo de início, vê-se obrigado a levar uma desconhecida, aparentemente bêbada, para sua casa. A primeira coisa a ser observada é a forma que ele encara essa situação. É quase impensável para alguns hoje em dia, levar uma mulher – que sequer está em si – e cuidar dela sem segundas intenções. Joe poderia ter se aproveitado da situação, mas comporta-se como um verdadeiro homem. Protegendo-a dos perigos do mundo e sendo um lugar seguro para ela. Muitos homens andam esquecidos de que precisam ser isso para suas mulheres. Michel Houellebecq disse que ‘’ Um casal é um mundo, um mundo autônomo e fechado que se desloca no meio de um mundo mais vasto, sem ser realmente atingido por ele.’’ O homem deve ser a camada mais espessa, quem primeiro recebe todos os problemas externos e ameniza-os.

Por outro lado, vemos a Ann, uma princesa que está cansada de sua agenda lotada, de todos os compromissos e protocolos. Ela imagina que sua vida seria mais fácil e prazerosa se não tivesse tanta responsabilidade sobre suas costas. Ao se apaixonar por Joe Bradley, pela primeira vez, sente-se liberta. O dia mágico que vivem, todas as aventuras, fazem com que Ann deseje que sua vida seja assim, sempre. Mas ela escolhe seguir seu dever e compromisso com seu país, com seu povo, ao invés de seguir seus sentimentos. Que grande lição podemos tirar disso! Nossos sentimentos mudam, mas aquilo para qual viemos ao mundo, nossa vocação, precisa vir sempre em primeiro lugar. É isso que importa na vida de uma mulher. Não é o que ela sente, pois, em um único dia, pode ir da mais perfeita paz a uma Odisséia completa. Imagine uma vida que seja guiada pelos sentimentos, que desastre total!  

Ambos agem como devem agir, mesmo quando isso não é prazeroso para eles.

Em uma sociedade hedonista, onde o que mais importa é o prazer pelo prazer, nada é mais urgente do que ter esse conceito de dever bem claro em nossas mentes. E, sim, o que o mundo mais precisa é um retorno urgente para a doçura e decência.

Sabryna Thais é professora.

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos.

A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores.
Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.



Como ajudar? As doaç…

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas.

Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas geraçõ…

Igreja Batista Pinheirópolis realiza III Culto Cívico

No próximo dia 01º de setembro, a partir das 18h, a Igreja Batista Pinheirópolis, em Caruaru, vai realizar um culto cívico alusivo à Semana da Pátria.
Na ocasião, haverá a presença de oficiais militares e paramilitares de Caruaru. A comunidade religiosa emitiu convites extensivos ao Exército (representado pelo Tiro de Guerra), além de órgãos como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil. Ademais, também serão rendidas graças pelo Dia do Soldado, que foi em 25 de agosto, e o Dia da Independência do Brasil, em 7 de setembro.

O pastor Philip Daniel Warkentien, líder da IB Pinheirópolis, afirma que os convites já foram entregues às autoridades municipais. “Esperamos no Senhor que seja mais um Culto Cívico, que estará lotando a casa do Senhor nosso Deus e dedicando a Ele, que é o único digno de toda Honra, Glória e Louvor”, declara.

O mensageiro oficial da Palavra de Deus naquela ocasião será o coronel da Polícia Militar de Pernambuco Lenildo Maurício, que também é pastor ba…