Pular para o conteúdo principal

Projetos de cuidado ambiental beneficiam famílias sertanejas

Já viu uma casa construída com integração de tecnologias sociais, como acesso a cadeirante, reutilização de água, cisterna com capacidade para 16 mil litros e um biodigestor que produz gás a partir de fezes suínas e bovinas? Chamada de Casa Ecodignidade, a moradia faz parte de um projeto que está beneficiando famílias no semiárido de Pernambuco e tem seus detalhes mostrados na série Boas Práticas no Sertão.

Apresentada em sete episódios, a série exibe em vídeos iniciativas de agricultura familiar, cultivo orgânico, energia sustentável, reutilização de água, reflorestamento e outras ações de cuidado ambiental. Os projetos estão em desenvolvimento em dois estados do nordeste, Paraíba e Pernambuco, e são promovidos por igrejas e entidades de inspiração cristã.

Sacola reutilizável é apresentada no projeto Pão Nosso de Cada Dia


Em um dos vídeos da série, John Philip Medcraft, pastor da Igreja Ação Evangélica, conta como uma área sem fonte de água permanente e com mata parcialmente destruída se transformou em uma reserva de preservação da caatinga, cheia de animais, reconhecida pelo Ibama. Localizada em São Mamede, no interior da Paraíba, a reserva recebe com frequência a visita de pesquisadores, alunos da rede escolar municipal e outras pessoas que desejam apreciar a beleza da caatinga.

Ainda no interior da Paraíba, em Imaculada, o projeto Pão Nosso de Cada Dia distribui pães para famílias de baixa renda e usa sacolas retornáveis para diminuir a quantidade de plástico descartada no meio ambiente. No Brasil, cerca de 1,5 milhão de sacolinhas são distribuídas por hora. Apesar de sua praticidade, o consumo excessivo de sacolas plásticas é um dos maiores vilões do meio ambiente, devido seu alto custo ambiental.

Em Pernambuco, na comunidade São José do Egito, a casa da dona Maria de Fátima e do seu José Adalberto chama a atenção dos vizinhos, que colocaram na moradia o apelido de “A casa do mato”. Além de conservar a vegetação nativa ao redor da casa, a família cria em sua propriedade de menos 0,5 hectares cabras e galinhas e cultiva uma variedade de plantas sem o uso de agrotóxicos. A família recebe apoio e incentivo da ONG Diaconia.

A série Boas Práticas no Sertão exibe essas e outras iniciativas que tem como objetivo cuidar do meio ambiente, fazer uso responsável dos recursos naturais e melhorar a qualidade de vida de famílias e comunidades. A série faz parte da Campanha Renovar Nosso Mundo, um movimento global de inspiração cristã em busca de um mundo transformado e justo. Seis episódios da série já estão disponíveis no Youtube [link: goo.gl/sFCGpQ].


O pastor John Philip Medcraft traz informações ambientais
Renovar Nosso Mundo: Um movimento por um mundo mais justo e solidário
A campanha Renovar o Nosso Mundo é um movimento global de inspiração cristã que anseiam por ver o mundo de Deus renovado. A filosofia da campanha baseia-se no princípio que a intenção de Deus para o mundo é que ninguém passe fome e sede ou viva oprimido, que o mundo criado por Deus é mais do que suficiente para sustentar toda a criação, e que a criação de Deus é uma dádiva, da qual é preciso cuidar e proteger. A campanha visa ainda sensibilizar e mobilizar igrejas para ações de cuidado ambiental e da chamada “economia restaurativa” – uma economia baseada nos princípios de justiça e sustentabilidade.

Saiba mais sobre a Campanha Renovar Nosso Mundo: goo.gl/jMoHFv

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid