Pular para o conteúdo principal

Deputado Delegado Lessa articula melhorias para a PE-160


Na manhã desta quarta-feira, 27, o deputado estadual Delegado Lessa (Progressistas) articulou uma reunião entre representantes do Polo de Confecções do Agreste e a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Governo do Estado, Fernandha Batista. A pauta do encontro foram melhorias na rodovia PE-160, no trecho que liga os municípios de Taquaritinga do Norte a Jataúba.

A comitiva do Polo Têxtil foi formada pelo síndico do Moda Center Santa Cruz, José Gomes Filho “Menininho”, o empresário Allan Carneiro, e o vice-presidente da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe, Josivan Ramos. De acordo com o grupo, a rodovia em questão apresenta problemas de sinalização e de iluminação.

Durante a visita, a secretária Fernandha Batista adiantou que já está sendo encaminhado um projeto de reestruturação das rodovias estaduais. A previsão é que os trabalhos aconteçam a partir do mês de julho. Ainda segundo Batista, a PE-160 deverá receber especial atenção do Poder Executivo, devido aos aspectos econômicos e sociais que a rodovia representa para o estado. Vale ressaltar que, de acordo com levantamentos do Moda Center Santa Cruz, mais de 130 mil pessoas circulam semanalmente nas principais cidades que formam o Polo de Confecções do Agreste – Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Caruaru.

No que diz respeito à iluminação das vias, a secretária pontuou que, segundo a Resolução Normativa nº 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), esta é uma responsabilidade dos poderes municipais. Ela ressaltou que, a despeito disso, a Pasta está à disposição para orientar as gestões dos municípios quanto a este sentido.

Para o deputado Delegado Lessa, o encontro foi bastante proveitoso. “As atividades têxteis são de grande relevância para o desenvolvimento econômico do nosso estado. Viabilizar a infraestrutura das rodovias que ligam esses municípios é garantir prosperidade ao nosso povo”, disse.

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos. A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores. Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.