Pular para o conteúdo principal

A Palavra do Senhor é o leite puro que precisamos para crescer a fim de alcançarmos a salvação – por Amanda Rocha


“Leia a Bíblia e faça uma oração, se quiser crescer”, esse é um trecho de uma música infantil, mas os ensinamentos transmitidos são para todos de indiscriminada idade. Ansiar a Palavra de Deus tal qual um recém-nascido deseja o leite materno é imprescindível para crescimento espiritual. Em 1ª Pedro 2.2 lemos uma bela instrução “Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o leite espiritual puro, para que por meio dele cresçam para a salvação”, mas o apóstolo adverte de que antes devemos abandonar “toda maldade e todo engano, hipocrisia, inveja e toda espécie de maledicência”, e isso implica em um novo nascimento; é necessário nascer de novo, nascer em Cristo, morrer para o mundo e buscar nova conduta, abandonar o velho homem e ser redirecionado segundo a vontade de Deus. De tal modo como uma criança precisa do alimento adequado para crescer saudável, o alimento espiritual fundamental ao desenvolvimento de todo aquele que nasce em Cristo é a sua Palavra, destaque-se que a falta de contato com esse sustento pode trazer consequências graves, a saber, em Oseias (4.6) verificamos que a ausência de conhecimento pode resultar em nossa própria destruição, devemos conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor. 



Apreciar os ensinamentos do Senhor é saber qual o caminho que Ele nos preparou, é trilhar esse caminho.  Outro aspecto, ademais a leitura da palavra, para o qual a música chama a atenção é o ato de orar, ressalto que não poucas vezes é essencial - além de ouvir a voz de Deus, o que nos é possível através da Bíblia – falar para Deus nossas aflições, o que sentimos e desejamos, tristezas, alegrias, adorá-lo, enfim, tudo isso é possível mediante a oração. 1Tessalonissenses 5.17 nos instrui a orar sem cessar. Embora infantil, a letra da música nos ensinar que ler a Bíblia e orar convém a quem almeja o crescimento espiritual.

Determinadas condutas acompanham aos que passam por transformação espiritual; dentre essas mudanças está o fortalecer-se nos valores que o Pai nos transmitiu, uma vez que são eternos e imutáveis. Os que estão em Cristo não devem relativizar tais valores. Um exemplo que podemos apontar no velho testamento é a história de Noé (leiam Gêneses 6.5-9). O mundo estava entregue aos próprios desejos, a humanidade praticava atos segundo suas próprias vontades, feriam a todo instante os princípios que Deus estabeleceu; mas ao olhar a terra, Deus viu que um homem não havia cedido aos distorcidos conceitos impostos pela sociedade de seu tempo, esse homem não relativizou sua fé, manteve-se firme em adorar e praticar as boas ações segundo as ordens do Criador, por isso Deus o salvou da condenação. 

Ainda em Gêneses (atentem 22.3-12) aprendemos que o desenvolvimento da fé é prova de transformação espiritual. Aquele que está em Cristo, firmado em seus valores, sabe que Jeová Jireh, proverá o que necessitarmos. Concederá força, sabedoria, coragem, cura, alimento, emprego, segurança, a própria fé e, essencialmente, a salvação.

Ler a Bíblia e orar também nos inclinará a mudar de postura diante de situações infortunas, vejam o exemplo de Pedro que negou a Cristo, no entanto após uma vida de amadurecimento espiritual foi capaz de afirmar ser seguidor de Jesus, assim, mesmo torturado e condenado à morte, preferiu ser morto a negar sua fé. Fortalecido, Pedro não se queixou, por contrário, o crescimento espiritual que desenvolveu o conduziu a agradecer a Deus por seus desígnios e é esse desenvolver do Espírito em nós que nos fará praticar a instrução de 1Ts. 5.18, por conseguinte, em tudo daremos graças para executar a vontade do Deus pai.

Ainda como resultado desse estilo de vida que tem a leitura da Bíblia e a oração como essenciais vislumbraremos o entregar-se a Deus, doar-se sem medidas, sem reservas, uma prática não apenas corriqueira, mas vital. E qual melhor exemplo de entrega que não a de Jesus, pois ele “se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai” (Gl. 1.4). Não há prova maior de amor que essa e se hoje o amamos é porque Ele nos amou primeiro. Imitemo-lo, façamos uma total entrega. Doemo-lo nosso corpo, alma, mente e coração. Dediquemos nossas vidas ao Senhor, alimentemo-nos da Escritura que “é inspirada por Deus e proveitosa para ministrar a verdade, para repreender o mal, para corrigir os erros e para ensinar a maneira certa de viver” (2Tm.3.16). Leiamos a Bíblia e façamos sem cessar orações e que cresçamos.

A indicação de livro desta semana não poderia ser outro que não a Palavra de Deus. Leia a Bíblia Sagrada. Deus vos abençoe.




Amanda Rocha é professora. Escreve em ConTexto às quintas-feiras.

Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Casa dos Pobres São Francisco de Assis precisa de ajuda

Com a pandemia do novo coronavírus, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, em Caruaru-PE, precisa de ajuda. A Casa, que atende a 77 idosos, está seguindo as recomendações das autoridades sobre a contaminação do vírus. Além da preocupação com a doença, já que todos os moradores do lugar fazem parte do grupo de risco, existe outra preocupação: a dos recursos financeiros para manter os trabalhos.

A instituição é privada e sobrevive de doações, mas sem a renda do estacionamento que funciona no local, as receitas da Casa têm diminuído. O estacionamento está fechado ao público desde a sexta-feira (20), de acordo com a orientação de evitar aglomerações e com o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar dos moradores.
Entre os itens que a entidade mais necessita no momento, estão as fraldas descartáveis geriátricas. A Casa contabiliza o uso mensal de mais de 5 mil fraldas. O leite é outra necessidade dos moradores, que têm uma dieta em conformidade com a faixa etária.



Como ajudar? As doaç…

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas.

Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas geraçõ…

Estímulo à leitura através da produção literária

Dentre os ofícios do professor, encontra-se o de conduzir os alunos ao universo das artes; ao professor de língua portuguesa, cujo objeto de estudo é a palavra, abordar a arte literária é fundante, nesse intuito, os professores da Escola de Referência em Ensino Médio Professor Lisboa, localizada no bairro da Cohab I, em Caruaru — Pernambucano promovem bimestralmente saraus literários com o foco no despertar da leitura e produção escrita de seus alunos. 



Anualmente, a escola realiza o Concurso de Redação Professora Fernanda Freitas (esse nome é homenagem póstuma a uma ex professora); o concurso elenca diversos gêneros textuais dentre literários e argumentativos; este ano, em sua quarta edição e com o tema “Pelos caminhos da leitura: descobertas do eu e do mundo” os alunos debruçar-se-ão nos gêneros: conto, crônica, dissertação-argumentativa, carta e/ou poesia.
Ademais do concurso, na manhã de premiação dos primeiros colocados em cada categoria, ocorre concomitantemente a publicação da An…