Pular para o conteúdo principal

I Festival de Teatro Infantil Prazeres Barbosa revela novos talentos

No domingo, 20, ocorreu a 1ª edição do Festival de Teatro Prazeres Barbosa, em Caruaru. O evento serviu para revelar novos nomes nas artes cênicas do município, além de abrir espaço para outras manifestações artísticas.

Durante o Festival, a atriz Mirelly Katarine, de 12 anos, apresentou um diálogo da Gata com a galinha, excerto do espetáculo Os Saltimbancos, com a música ‘História de uma gata’.

Em seguida, a cantora Maria Luiza, 10, fez uma belíssima interpretação acapella da música ‘Hallelujah’, na versão da cantora Gabriela Rocha.

O artista circense Yudi Hirakawa, 8, chamou a atenção do público devido à sua performance utilizando malabares, além do carisma para com a plateia.

Ainda durante a programação, o grupo Cultura e Arte apresentou uma adaptação do espetáculo ‘Captura do Saci’, baseado na célebre obra do escritor Monteiro Lobato, o Sítio do Picapau Amarelo. A trupe é formada pelos atores Joyce Annyeli, 11 (Tia Anastácia); Mirele Martins, 12 (Emília); Jadiel Ricardo, 11 (Saci-pererê); Gabriel de Araujo, 14 (Pedrinho); e Maria Clara, 12 (Narizinho), sob a direção do jovem Allison Silva, de 18 anos, que tem se destacado nas mais diversas linguagens artísticas no ambiente cultural caruaruense.

O festival contou ainda com a participação da atriz Luiza Victoria, de 12 anos, que interpretou o monólogo Criança, de sua autoria, no qual falou sobre o combate à violência contra a infância, propiciando um momento de reflexão na plateia acerca de um assunto tão relevante.

Posteriormente, a pequena Maria Julia, de apenas 4 anos, realizou uma belíssima apresentação da música ‘Digno de Louvor/Agnus Dei’, de Aline Barros, inserindo música e coreografia.

Por fim, a garota Luiza Victoria voltou ao palco, desta feita para interpretar a canção ‘Ouvi Dizer’, de Melim.

O Festival contou ainda com a participação especial da cantora Thayse Luck, que abrilhantou o evento interpretando canções infantis, propiciando um momento de muita alegria.

O evento também teve uma exposição de quadros de artistas locais, a exemplo de Angélica Santos, Thays Avelino e Luzimar Alves, entre outros.

A programação contou também com uma homenagem surpresa à professora Marinalda Santos, a qual tem relevantes serviços prestados à arte e à sociedade, no que diz respeito à ressocialização de crianças em situação de risco. Ela integrou o corpo de jurados, ao lado de Wirandéa Lima, Ingred Ribeiro, Maria Eugênisa e Angélica Santos.

Através das redes sociais, o ator Nerisvaldo Alves, idealizador do evento, registrou sua satisfação pela atividade. “Parabenizo a todos os participantes, ao mesmo em que agradeço pelo voto de confiança, estamos de parabéns pois tivemos belíssimas  apresentações e uma plateia maravilhosa. Fica neste o gostinho de quero mais. A todos, o nosso muito obrigado”, postou.


Confira algumas fotos do I Festival de Teatro Infantil Prazeres Barbosa:

A Gata, dOs Saltimbancos, com Mirelly Katarine

Exposição artística


A pequena cantora e dançarina Maria Júlia, de 04 aninhos


Yudi Hirakawa abrilhantou o evento 

Acapella, Maria Luisa interpreta 'Hallelujah'

Debate com diretor e atores dO Sítio do Picapau Amarelo

Momento de muita animação e música

O talento de Thayse Luck



Nerisvaldo Alves agradecendo à plateia


Todo o plantel de artistas e produção




Comentários

  1. Tarde maravilhosa e construtiva! Os artistas estão todos de parabéns!

    ResponderExcluir
  2. foi uma tarde maravilhosa já estou ansiosa para o próximo evento!

    ResponderExcluir

Postar um comentário


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio

Sem Aspas | Felipe Neto, Álvares de Azevedo e Machado de Assis, qual deles presta um desserviço à nação? - por Amanda Rocha

  O célebre escritor alemão Johann Goethe, autor das obras Fausto (poema trágico) e de Os Sofrimentos do Jovem Werther (seu primeiro romance) escreveu que “O declínio da literatura indica o declínio de uma nação”. Compreenda-se que a formação acadêmica, moral, ética, política, filosófica perpassa a leitura das grandes obras literárias, haja vista que elas instigam o homem a refletir sobre sua própria realidade, sobre os dilemas que o assolam e sobre os valores e conceitos que devem se sobrepor aos conflitos. Hans Rookmaaker, holandês e excelente crítico da arte, diz em seu livro “A arte não precisa de justificativa” que “a arte tem um lugar complexo na sociedade. Ela cria as imagens significativas pelas quais são expressas coisas importantes e comuns. Por meio da imagem artística, a essência de uma sociedade torna-se uma propriedade e uma realidade comuns. Ela dá forma a essas coisas não só intelectualmente, mas também de modo que elas sejam absorvidas emocionalmente, em sentid