Pular para o conteúdo principal

“O que acontece na universidade é emburrecimento em massa”, declara Janaína Paschoal


Deputada estadual mais bem votada do Brasil, com mais de dois milhões de votos, a advogada Janaina Paschoal, 44, assumirá uma vaga na Assembleia Legislativa de São Paulo sabendo da grande expectativa sobre seu desempenho.

Ela foi cotada para ser vice de Jair Bolsonaro, mas preferiu tentar uma vaga no legislativo de seu estado. Janaina alegou motivos pessoais para a escolha, mas em entrevista esta semana à Folha disse que acreditava no capitão, mesmo que “a maioria dos analistas” descartassem a possibilidade de ele ser eleito.




Advogada Janaína Paschoal em Comissão Processante do Impeachment. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
A futura parlamentar tornou-se conhecida nacionalmente em 2016, quando coassinou o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Na época, um grupo de alunos seus da Faculdade de Direito da USP, a criticaram. Chegaram a encenar um “enterro da Constituição” em sala de aula. Ela conta que apenas riu.

Para a jurista, existe sim doutrinação ideológica no ambiente escolar. “O que acontece na universidade é emburrecimento em massa, o cara tem que dizer amém [para a cartilha da esquerda], se prostituir intelectualmente”, avalia.

Mesmo assim, ressalta ter ressalvas ao projeto Escola Sem Partido. “Proibir temas me preocupa. E se um aluno perguntar ao professor temas como homossexualidade? Ele deve dizer ‘vá para a casa e pergunte à sua mãe’?”, encerra.

Fonte: Gospel Prime



Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Baixe aqui o livro - Passos para o Reavivamento Pessoal

Clique aqui para baixar a versão PDF.

Artigo | Covid-19 e os rumos da educação brasileira - por Mário Disnard

Acredito que a experiência de 2020 será um marco decisivo na educação, visto que a pandemia do Covid-19 nos apresenta, mais do que nunca, a necessidade de repensar o papel social da educação para além do processo de escolarização. No Brasil medidas emergenciais foram tomadas para garantir o processo educativo, entre elas, o trabalho educacional remoto. No entanto, diante de tantos imprevistos, gestores, professores, estudantes e famílias encontraram-se num momento de muita pressão, com várias dúvidas e incertezas. Diante da atual situação, os limites impostos têm nos apresentado possibilidades inegáveis de transformação, o que nos remete a uma série de questionamentos: há efetivamente uma preocupação com a qualidade social da aprendizagem? O que este período nos informa a respeito de nossos estudantes e de suas famílias com relação as nossas práticas como educadores?   O que faz sentido manter e o que mudar? É possível repensar o papel da escola e da sociedade na formação das novas

Por Dentro do Polo | Pernambuco volta a ser o maior produtor de Jeans do Brasil – por Jorge Xavier

O Brasil produziu 341 milhões de peças jeans em 2019. Desse total, o polo produtivo de Pernambuco sustentou 17% do volume. Com algo em torno de 60 milhões de peças no ano, o estado é o maior polo de jeans do país, segundo o iemi - Inteligência de Mercado. Ultrapassou, assim, regiões como norte do Paraná e Santa Catarina. São Paulo é o maior centro comercial, mas, não de produção.Em Pernambuco, a produção está concentrada sobretudo entre Toritama e Caruaru. O valor da produção de peças jeans está estimado em R$ 14,4 bilhões, que corresponde a 9,5% do total nacional da produção textil no ano passado, apontou Marcelo Prado, diretor do leme, que participou de webinar da Santista sobre o futuro do consumo com a covid19. Já o varejo de jeans movimentou R$ 25,3 bilhões, disse Prado. A receita corresponde a 11% do consumo nacional de vestuário, calculado pelo lemi em R$ 231,3 bilhões, com a venda de 6,3 bilhões de peças. Em sua apresentação, Prado mostrou a evolução do mercado nacio